No marco do Projeto de “Reabilitação da cafeicultura e diversificação agrícola”, implementado pela NCBA CLUSA, foi realizada a 3ra. Conferência Internacional de Café Sustentável em San Salvador, no dia 29 de agosto de 2018. O evento contou com a presença de em torno de 800 participantes entre produtores, representantes de organizações de produtores, agências de desenvolvimento e ONGs, instituições públicas, empresas fornecedoras de serviços tecnológicos e financeiros, dentre outros.


A agenda do evento contou com a apresentação dos seguintes palestrantes: Raina Lang da Conservação Internacional, com a tema: – Como fazer o café sustentável; Máximo Ochoa da Hanns R. Neumann Stiftung do Brasil – abordagem café e clima; Elias de Melo do CATIE – Sistemas agroflorestais no café sustentável; Stephen Robertson da Blanchard´s Coffee Roasting -Marketing Sustentável, e Miguel Araujo da SalvaNATURA – Conservação das Bosques Cafeeiros.
A apresentação de Máximo Ochoa baseou-se nas experiências e aprendizagens da Iniciativa café&clima. Durante a exposição foram apresentados os desafios climáticos do estado de Minas Gerais, principal produtor de café do Brasil, como a variabilidade das altas temperaturas, anomalias nos padrões de precipitação e o aumento das secas. Também foram apresentados os resultados da pesquisa de validação das práticas de adaptação à mudança climática e as oportunidades do setor para contribuir com o acordo global do clima.

Ao final do evento houve interesse entre os participantes em ampliar o intercâmbio de conhecimentos por meio de intercâmbios e webinar. O evento representou um ótimo exemplo de como abordar temas conjunturais, como sustentabilidade, mudança climática e mercado entre os vários atores da cadeia do café.
A Hanns R. Neumann Stiftung do Brasil, agradece ao público presente e ao NCBA CLUSA pelo convite de participar do evento.