Nos dias 30 e 31 de agosto, nossos colaboradores Max Ochoa, Diretor Técnico da HRNS do Brasil e Fernanda Faria, Coordenadora da Iniciativa café&clima do Brasil viajaram à região de Trifinio, na América Central.

Como parte das estratégias de adaptação aos desafios da mudança climática, os produtores do município de Corquim – Copán, no oeste de Honduras, implementam práticas de coberturas de solo utilizando além da brachiaria – técnica utilizada no Brasil – leguminosas como a crotalária e o feijão guandú, também com o propósito de prover sombra temporária.

Outra prática observada foram as barreiras quebra-ventos e a consorciação de culturas de café com abacate e citrinos para a diversificação de renda e diminuição de riscos climáticos.

21414971_1399326920181520_2903653236553897196_o

As práticas também chamaram a atenção de instituições de pesquisa, como ICAFÉ, que colabora com a validação das tecnologias em suas fazendas de experimentação e disseminam os resultados alcançados para produtores familiares da região.

Por fim, na visita à “Cooperativa Cafetalera Reservas Biológicas Santa Tereza Ocotepeque Limitada – COCREBISTOL” chamou atenção pela visão de seus sessenta e nove membros em relação à conservação do ambiente, proteção e recuperação das nascentes, o engajamento dos jovens para atuar nas atividades produtivas, a certificação orgânica e a fidelização com seus clientes para entregar cafés de alta qualidade e sustentáveis.

21318865_1399326923514853_8695744560827508054_o